Doces Mentiras

(Source: amarga-metade)

(Source: t-horium)

(Source: canalhacharmoso)

Sempre nos pedem para compreender o ponto de vista do próximo, não importa quão antiquado, tolo ou obnóxio. Pedem para enxergar com bondade todos os seus erros, suas vidas desperdiçadas, principalmente se eles são velhos. Mas envelhecer é tudo que nós fazemos. Eles envelheceram mal porque viveram fora de foco, eles se recusaram a entender. Não é culpa deles? É culpa de quem? Minha? Me pedem para esconder deles meu ponto de vista por medo de seus medos. Envelhecer não é crime, mas a vergonha de uma vida deliberadamente desperdiçada entre tantas vidas deliberadamente desperdiçadas, é.

Charles Bukowski        (via palavrasfrias)

(Source: c-a-n-a-r-i-o)

"vdd ou desafio?" "vdd" "é vdd que vc gosta do…" "opa quero desafio" "desafio vc a beijar o fulano" NÃO SABE BRINCAR FICA NO ÚTERO

(Source: renunciador)

Há bastante deslealdade, ódio, violência, absurdo no ser humano comum para suprir qualquer exército em qualquer dia. E o melhor no assassinato são aqueles que pregam contra ele. E o melhor no ódio são aqueles que pregam amor, e o melhor na guerra, são aqueles que pregam a paz. Aqueles que pregam Deus precisam de Deus, aqueles que pregam paz não têm paz, aqueles que pregam amor não têm amor. Cuidado com os pregadores, cuidado com os sabedores. Cuidado com aqueles que estão sempre lendo livros. Cuidado com aqueles que detestam pobreza ou que são orgulhosos dela. Cuidado com aqueles que elogiam fácil, porque eles precisam de elogios de volta. Cuidado com aqueles que censuram fácil, eles têm medo daquilo que não conhecem. Cuidado com aqueles que procuram constantes multidões, eles não são nada sozinhos. Cuidado com o homem comum, com a mulher comum, cuidado com o amor deles. O amor deles é comum, procura o comum, mas há genialidade em seu ódio, há bastante genialidade em seu ódio para matar você, para matar qualquer um. Sem esperar solidão, sem entender solidão eles tentarão destruir qualquer coisa que seja diferente deles mesmos.

Charles Bukowski         (via palavrasfrias)

(Source: euprofundo)

More Information